segunda-feira, 11 de dezembro de 2017


.
Hoje chegou um senhor que aqui passa algumas vezes e vem pedir esmola.
Conversamos sempre um bocado e fala-me de Deus e dos Apóstolos.
Oiço e agradeço as boas palavras que me traz.
Pergunta sempre como estou e eu digo que estou bem obrigada.
Hoje, olhando a minha tristeza disse-me:
- senhora, vou contar-lhe a história de um Apóstolo que passava várias vezes em casa de uma senhora e lhe perguntava como estava. Ela respondia sempre que estava bem. Mas não estava bem, ela tinha a filha que morria no quarto ao fundo da casa. No dia seguinte o Apóstolo voltou a casa da senhora e disse-lhe: senhora a sua filha vai ficar bem. E sabe porque vai ficar bem? Porque sempre que lhe pergunto como está a senhora, a senhora me responde, estou bem obrigada.
.
Hoje o meu cão melhorou.


**
nos seus pensamentos
Sem nome
e cheio das dores dos outros
assim um homem
caminha


Inez Andrade Paes

terça-feira, 31 de outubro de 2017

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

sábado, 14 de outubro de 2017

V.6.12.2


                                                  Foto - Tiago Alves Costa

[...]
as andorinhas
as andorinhas correm atrás das sementes
que o vento sacode das pontas daqueles pastos
e voltam a rir
rodopiam e voltam a subir
 
percebes agora os verdes prados lá fora?
[...]

Inez Andrade Paes in Da Eterna Vontade  p.20 - LABIRINTO 2015